FASHION MEETING EXPERIENCE MILÃO | Fashion Meeting

FASHION MEETING EXPERIENCE MILÃO

Publicado: 19/02/2019

Firenze, Itália – Foi dada a largada à nossa primeira experiência imersiva na Itália! De 18 a 24 de fevereiro, nossa programação se estende por dois locais que transpiram a essência da moda: Florença e Milão.


O curso se iniciou em Firenze, cidade histórica que abriga o Museo Ferragamo e o Gucci Garden – dois espaços que os nossos alunos puderam conhecer e ter acesso a informações exclusivas, sob a consultoria e os ensinamentos de Consuelo Blocker, Paula Martins e Daniela Dornellas.



Museo Ferragamo


Com muita bagagem histórica, fomos conhecer a exposição L'Italia a Hollywood (A Itália em Hollywood) está em cartaz no Museo Ferragamo até 10 de março de 2019. A mostra relembra os primeiros momentos do designer italiano Salvatore Ferragamo na sua ida à Califórnia, nos Estados Unidos, na época de intensa imigração europeia. Ferragamo foi a San Francisco como tentativa de crescer profissionalmente, já que na América a moda evoluía em ritmos mais rápidos – e mais democráticos – do que na Europa.


Além da herança de Ferragamo e de protótipos originais de sapatos do designer, a exposição abrange a Itália de uma maneira muito rica: fotografias do cantor italiano Enrico Caruso, pratos de Piero Fornasetti estampados com as diversas faces da cantora Lina Cavallieri, figurinos originais do filme Cabiria (1914) de Giovani Pastrone, e interações midiáticas que reproduzem a cultura e os costumes da década de 1920 em diante.

Com a consultoria de Consuelo Blocker, o grupo teve um acesso exclusivo aos escritórios da empresa Ferragamo, que se localiza no andar de cima do museu. Antigo castelo habitado por uma nobre família italiana, o local foi revitalizado e agora é o cotidiano de quem trabalha para a marca. Funcionários afirmam que a empresa possui um acervo de aproximadamente 14 mil sapatos, sendo cerca de 400 deles patenteados. 



Cammillo


Pausa na programação: entre as duas visitas, almoçamos no Cammillo, trattoria tradicional de Firenze e hotspot de fashionistas. Consuelo Blocker nos lembrou que o famoso fotógrafo americano de street style Scott Schuman – mais conhecido como The Sartorialist – reuniu, lá, os 25 homens mais elegantes que ele conhece.



Gucci Garden


Na parte da tarde, fomos conhecer o Gucci Garden. Diferentemente da proposta histórica do Museo Ferragamo, o Garden é a concretização de um espaço idealizado por Alessandro Michele, atual diretor criativo da marca. É mais que um museu que abriga peças icônicas: é onde Michele mostra a Gucci sob a sua visão, com pequenos flashbacks à época de Tom Ford e Frida Giannini.


No espaço é possível observar a mudança estética – e até conceitual – da grife ao longo do tempo, pré e pós-Michele. Consuelo Blocker e Paula Martins explicaram que o "fenômeno Gucci", hoje, é resultado da genuinidade e do mundo próprio de Michele. O designer – que antes atuava escondido na marca, assinando os acessórios – traz personalização de looks totalmente autorais a cada temporada, reforçando o ideal de livre performance no mercado de luxo.


Além da exposição de peças históricas – de roupas a malas e fichas técnicas originais –, o espaço abriga uma loja com produtos Gucci exclusivos e uma restaurante com menu assinado pelo chef Massimo Bottura.


Acompanhe em tempo real o restante da nossa programação direto da Itália pelo perfil do @fashionmeeting no Instagram. 


Via Rachel Sabino, colaboradora do Fashion Meeting Experience durante semana de moda de Milão

Voltar